quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Zico. E ponto.

Fim do treinamento do Fenerbahce, o goleiro titular Volkan se aproximou do apoiador Alex, com que se preparava para treinar cobranças de falta, na entrada da área e perguntou, a meia-voz:

- Esse "cara" era mesmo tudo que falam dele como jogador? E ainda batia falta como dizem?

O "cara" era Zico, o técnico. Alex apenas sorriu e, depois que a barreira estava armada e as cobranças iam começar, chamou o treinador, propondo-lhe que entrasse no exercício.

- Aproveita as 5 primeiras, por que ele vai "esquentar" o joelho... - sussurou para o goleiro.

E Zico, de fato, bateu as 5 primeiras calibrando a pontaria: uma por cima, outra na mão do goleiro, outra na trave, etc. A partir da quinta, avisou:

- Agora, tá valendo.

E começou a sequência de bolas num ângulo e no outro, para desespero, não somente de Volkan, o titular, como também de Serdar e Nercat, os reservas, que não conseguiram pegar uma sequer.

Diante do espanto e da admiração do Trio, o "Galo" apenas sorriu:

- Nas primeiras, preciso aquecer, já que "carro velho" é fogo! Mas em compensação, depois que pega vai embora...

(Fonte: Coluna de Renato Maurício Prado, do Globo)

Um comentário:

Dudu disse...

Muito 'garoto' esse turco ! Foi desafiar logo quem... :)